19 de set de 2009

Poesia do Abraço

"De repente, deu vontade de um abraço ...
Uma vontade de entrelaço, de proximidade ... de amizade, sei lá !
Talvez um aconchego amigo e meigo,
que enfatize a vida e amenize as dores ...
que fale sobre os amores, seja afetuoso e ao mesmo tempo forte ...
Deu vontade, de poder ter saudade de um abraço.
Um abraço que eternize o tempo e preencha todo o espaço.
Mas que faça lembrar do carinho, que surge devagarinho, na magia da união dos corpos, das auras, sei lá!
Lembrar do calor das mãos, acariciando as costas, a dizerem : - Estou aqui !
Lembrar do enlaçar dos braços, envolventes e seguros, afirmando : - Estou com você !
Lembrar da transfusão de força, ou até da suavidade do momento, sei lá.
Então, pensei em como chamar esse abraço:
abraço poesia,
abraço força,
abraço união,
abraço suavidade,
abraço consolo e compreensão,
abraço segurança e justiça, abraço verdade, abraço cumplicidade ?
Mas o que importa é a magia desse abraço,
a fusão de energias que harmoniza, integra o todo e se traduz no cosmos, no tempo e no espaço...
Só sei que agora, deu vontade desse abraço.
Um abraço que desate os nós, transformando-os em envolventes laços ...Que sirva de "colo", afastando toda e qualquer angústia ...
Que desperte a lágrima de alegria e acalme o coração ...
Um abraço que traduza a amizade, o amor e a emoção".
(desconheço o autor)

Um abraço de coração!

Você dá valor aos seus amigos?

Não ter vergonha de chorar, morrer de saudades, fazer rir, dar um sorriso, dar conselhos, saber ouvir, sentir suas dores, saber brincar, é confiar cegamente, falar segredos, dar beijos, admitir quando erra, ser companheiro, dividir prazeres, prestar atenção. É estar ali, até nas horas mais difíceis. Sempre disposto a ajudar, em qualquer situação.

E para você, o que é valorizar seus amigos?

Benefícios de um Abraço

Pois é, durante muito tempo estivemos a procura de alguma coisa que nos rejuvenescesse, que prolongasse o nosso bom humor, que nos protegesse contra as doenças, que curasse nossa depressão, que nos aliviasse de nosso estresse, que nos fizesse chegar próximo daquele com quem brigamos. Sim, alguma coisa que fortalecesse nossos laços conjugais e que inclusive nos ajudasse a adormecer tranqüilos. Encontramos ! O remédio havia sido descoberto e já estava a nossa disposição. E continua ao alcance de nossas mãos. O mais impressionante de tudo é que, ainda por cima, não nos custa nada. Aliás, custa sim, custa um pouco de orgulho, um pouco de pretensão de sermos auto-suficientes, um pouco de vontade de viver do jeito que queremos, sem dependermos dos outros, um pouco de vontade de perdoar.

É o ABRAÇO ! O abraço é milagroso, É medicina realmente muito forte. O abraço como sinal de afetividade, de carinho e de perdão pode nos ajudar a viver mais tempo, proteger-nos contra doenças, curar a depressão e fortificar os laços conjugais e familiares. O abraço é excelente tônico ! Hoje sabemos que a pessoa deprimida é bem
mais suscetível a doenças. O abraço diminui a depressão e revigora o sistema imunológico da pessoa. O abraço injeta nova vida nos corpos cansados e fatigados, e a pessoa abraçada se sente muito mais jovem e vibrante. O abraço aumenta significativamente a hemoglobina na pessoa tocada. Para lembrar, hemoglobina é aquela parte do sangue que transporta o oxigênio para os órgãos mais vitais do nosso corpo, inclusive o cérebro e o coração.

O uso regular do abraço, por isso tudo, prolonga a vida, sara a depressão e estimula a vontade de viver, crescer e progredir. E o mais bonito, é que este remédio não tem contra indicações e não há maneira de dá-lo sem recebê-lo de volta !

11 de set de 2009

Com qual olhar enxergamos as pessoas?

O nosso olhar para as pessoas – postas pela Divina Providência na nossa vida – deve ser antes de tudo um olhar de misericórdia, como Jesus nos olha, como Ele olhou para Pedro, para Maria Madalena, para Natanael, para Zaqueu, e tantos outros.

“Sede misericordiosos, como também nosso Pai é misericordioso” (Lucas 6,38).

Olhemos para os nossos irmãos não somente com um olhar positivo, porque isso é muito pouco; olhemos para cada um deles com o olhar de Jesus Cristo. Cada pessoa que encontrarmos, de antemão, oremos assim: Senhor, dá-me a graça de enxergá-la como o Senhor a enxerga. Purifica o meu olhar de todo preconceito e das antipatias.

Jesus, queremos ser como o Senhor, porque “todo discípulo bem formado será como o mestre” (Lucas 6,39e).

4 de set de 2009

Amizade, Vida, Amor

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de uma criança e não com a tristeza de um adulto.
E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos,e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.
E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso.
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que se leva anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida.
Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, e percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.
Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas. Pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não deve se comparar com os outros, mas como melhor que você pode ser. Descobre que leva muito tempo para se tornar a pessoa que se quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.
Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser
fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.
Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.
Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou.
Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.
Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será
em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás. Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que, realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não agüenta mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!
Nossas dádivas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar.
William Shakespeare

2 de set de 2009

O mês da Bíblia

Aqueles que leem a Bíblia progridem na vida do Evangelho

A Palavra de Deus está sempre ao alcance da mão e do coração de quem segue a Deus. E por moção do Espírito Santo, a Palavra vai transformando o coração das pessoas e moldando a comunidade cristã. É claro, supondo um coração aberto, como de discípulo diante do mestre. O profeta Jeremias fez uma experiência profunda: nas mãos de Deus sentiu-se como um vaso de barro nas mãos do oleiro.

As famílias, os grupos e as comunidades que leem a Bíblia de fato progridem na vivência do Evangelho, em unidade com a vontade de Deus e na comunhão fraterna. A Palavra meditada impulsiona as pessoas a superar o pecado e o azedume, causando certa plenitude espiritual com uma aura de paz e de alegria.

É o encantamento espiritual, a força interior, a capacidade de passar imune pelas tentações que nos rodeiam.

O nosso alimento é a Palavra de Deus!

O nosso alimento é a a Palavra de Deus. Jejuamos nos alimentos materiais e comemos bem o alimento espiritual. Jesus disse claramente: “Não só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que saia da boca de Deus” (MT 4,4).
Nós estamos mal acostumados com a Palavra de Deus, que mais parece restaurante self-service. A pessoa chega e pega uma batatinha frita aqui, uma verdurinha lá, pega um pedacinho de carne acolá... Isso é lambiscar. Não é isso! Você precisa fazer um bom prato, sentar-se, pegar garfo e faca e alimentar-se. Com a Palavra de Deus é a mesma coisa, não basta lambiscar: pegar uma passagem bíblica aqui, outra lá. Isso não resolve! Você tem de sentar-se à mesa com um prato bem feito e comer.
Pelo amor de Deus, tome consciência e não fique “lambiscando a Bíblia”. Você precisa ser um bom servo de Deus, e o servo de Deus é formado na Palavra. Nós precisamos estudar a Palavra de Deus.

Monsenhor Jonas Abib
Comunidade Canção Nova